Estabilização de movimento de câmera no Premiere e no After Effects | Warp Stabilizer

Cenas tremidas são o pesadelo de qualquer filmmaker. Além de degradar a qualidade da imagem devido à diversos fatores, como desfoque da velocidade de shutter, rolling shutter e compressão, elas ainda podem quebrar a linha narrativa de uma sequência e distrair o telespectador.

Porém, embora normalmente seja vista como um problema, a sensação de câmera na mão pode ser a linguagem exata para transmitir a mensagem de uma cena, como por exemplo dar ao telespectador a sensação que ele está empinando por uma janela, ou talvez caminhando por uma paisagem. E, em outros casos, a equipe simplesmente precisa de mobilidade e não pode ficar carregando tripes, estabilizadores, travellings, gruas, e assim por diante.

Em ambos os casos, a melhor solução para manter um movimento de câmera suave, ou neutralizá-lo completamente, será o efeito Warp Stabilizer, encontrado tanto no software de edição de vídeo da Adobe, o Premiere Pro, quanto no software de composição e efeitos especiais, o After Effects .

Warp no After EffectsNo After Effects é possível aplicar este ajuste pelo painel tracker, pela aba layer, ou pelo painel Effects&Presets jogando o plug-in na camada que precisa ser estabilizada. No Premiere Pro o plug-in é encontrado apenas no painel effects.

Embora a forma de aplicar o ajuste em cada software seja um pouco diferente, o funcionamento do Warp Stabilizer é semelhante. Ele é dividido em duas partes: a primeira etapa é a análise automática da movimentação de câmera, muito semelhante ao processo de traqueamento da movimentação de câmera feito no After Effects, porém no caso do Warp Stabilizer a análise é utilizada para neutralizar ou suavizar a movimentação de câmera.
A segunda etapa, de aplicação do ajuste, depende das opções configuradas no efeito, que são:
– Resultado da estabilização – sem movimento ou com movimento suave;
– Método de estabilização – posição, escala, rotação, perspectiva, e Subspace Warp, que ajusta o nível dos pixels.
– Bordas – pode-se desde não ajustar as bordas até ajustar por completo.

Vale ressaltar algumas dicas:

Não utilize o Warp Stabilizer em cenas em que haja apenas um elemento em foco e este esteja em movimento, não representando a movimentação do cenário, pois o efeito analisará o movimento deste elemento e estabilizará apenas ele, resultando em uma cena ainda mais tremida.

Se a cena tiver alguma alteração de velocidade, ou não for semelhante à configuração usada na timeline, o efeito poderá ficar desabilitado, com uma faixa vermelha aparecendo. Se este for o caso, faça uma pré composição da cena: no Premiere, basta clicar com o botão direito e escolher aninhar (nest); no After Effects, utilize a opção camada/pré-compor (layer/pre-compose) e escolha a opção que move os atributos para a pré-comp, assim em ambos os softwares a cena na timeline principal estará normalizada, pois os efeitos ou configurações problemáticas estarão “escondidos”, e na comp principal será possível usar o Warp Stabilizer.

Além dessas dicas, acompanhe outras nesta vídeo aula: Estabilização de cena e esticar um vídeo preservando qualidade

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s